Quinta Punk

Boa noite galerê, a banda que venho falar hoje é a banda Body Count, uma boa banda pouco conhecida, que surgiu como um projeto paralelo do rapper Ice-T e tinha como proposta trazer as letras que tratavam de violência e desigualdade social típicas do Rap para o Rock, com uma pegada bem punk Rock.

Com uma proposta dessas era de se esperar que a banda criaria polêmica, mas ninguém imaginava que seria tanta polêmica como a alcançada pela música “Cop Killer”. A letra da canção contava a história de um jovem que, cansado da violência policial, decide tomar medidas mais drásticas e atacar oficiais da polícia e como qualquer banda Punk traz um vocabulário pesado e direto como na intro: “Eu ponho minha camisa preta/ Eu ponho minhas luvas pretas/ Eu ponho minha touca preta/ Essa merda já durou muito/ Eu pego minha calibre doze cerrada/ Eu desligo os faróis do carro/ Estou para dar uns tiros/ Estou para mandar uns ‘polícias’ pra vala”.

A música foi duramente criticada por autoridades de altíssima patente, incluindo o então presidente George Bush (pai) e seu vice Dan Quayle, e quando Ice-T percebeu que a polêmica sobre a música havia ultrapassado o verdadeiro interesse sobre a letra decidiu relançar o álbum “Body Count” sem a música, e lançá-la como um single separado.


Quinta então com “Cop Killer”, já !

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s