Trance + Espiritualidade

Olá galera do música por favor <3, encontrei algo muito interessante e gostaria de compartilhar com vocês, algo que mistura é claro música e também espiritualidade, coencidindo com a semana santa que estamos.

A espiritualidade que emana da música eletrônica é um tema raramente explorado e debatido por pensadores, espiritualistas, produtores e DJs. Alguns dos gêneros eletrônicos são capazes de nos levar a estados meditativos e de expansão da consciência, sem uso de qualquer substância psicoativa. O som eletrônico por si só, emana vibrações muito sutis para o corpo físico, mas que causam um tremendo impacto para o espírito.

O Trance é um dos estilos musicais que revive o conceito original da música onde os ritmos são usados para alterar estados de consciência e trazer a espiritualidade e dissociação.

Precursor do Goa Trance, Goa Gil é capaz de transformar as festas onde toca em verdadeiros rituais cerimoniais. (Divulgação)

A complexidade das canções consistem em até 9 ou 10 camadas simultaneamente (contra as 4 padrão para uma canção de rock ou 3 para o hiphop), no trance não há sons designados/necessários. Na verdade as músicas utilizam todo e qualquer instrumento para tecer uma teia complexa, todo instrumento tem o seu lugar, desde guitarra até saxofones.

O ritmo do baixo e do drum ao intercalar com outros sons pode provocar uma espécie de realidade temporal ou virtual. É muito fácil perder-se na música ou esquecer-se inteiramente e, ao fazê-lo, é possível esquecer todos os pensamentos estranhos e negativos por completo e voltar-se toda  a atenção a ela. Além disso, a natureza progressiva das faixas pode ter um efeito igualmente significativo sobre as funções corporais; ao progredir em ondas, uma música em poucos segundos pode ter tanto um efeito estimulante quanto relaxante no ouvinte.

A progressão e a aceleração gradual do ritmo pode trazer um transe hipnótico no ouvinte (daí o nome do gênero) e distorcer o sentido do tempo. Tal impacto pode regular processos fisiológicos, harmonizar a taxa de um coração e sintonizar a química do cérebro de forma semelhante.

A diferença destes estilos musicais como o Trance, é que o foco geralmente não está sobre o conteúdo das letras das canções mas no som como um todo. Neste sentido, os vocais são geralmente pouco mais do que uma extensão da música, apenas um fragmento de uma palavra cantada, sampleada e mixada na música de tal forma que se torna indistinguível. Os vocais então se tornam apenas mais um instrumento na track e aumentam a complexidade da música sem envolver uma razão para ser compreendida.

Nestes casos, o foco é voltado mais para a percepção sensorial do que a racional (em que o conteúdo lírico desempenha algum objetivo político ou poético). O objetivo é despertar emoções e estados mentais sem o uso de palavras ou sem uma compreensão das mesmas. A maioria das músicas deste estilo tendem a ter um conteúdo lírico que é simples na natureza, e embora as palavras podem ser poéticas e comoventes, os temas são simples e diretos. O gênero é uma experiência emotiva, essencialmente.

Um estado alterado de consciência é provocado por qualquer mudança no funcionamento normal da consciência psicológica. Isso pode acontecer por varias razões; música, drogas e religião servem como meios específicos para alcançar essa mudança.

A música eletrônica pode ajudar a alcançar uma percepção alterada e uma dissociação completa da mente e do corpo.

O estilo trance, em especial, é estudado para estimular as ondas theta do cérebro, associadas com os níveis de sono. É um estado de relaxamento extremo onde ocorre o sono pesado, um fenômeno que é quase inatingível em um estado consciente. O único método conhecido para chegar ao mesmo estado é o da meditação intensa.

Símbolo da Paz formado por participantes do Festival Universo Paralello. (Divulgação)

Raves e outros tipos de eventos similares podem ser vistos como um encontro coletivo de pessoas que se deslocam simultaneamente, não é raro sentir-se como parte de um todo. De acordo com o estudo religioso de Robin Sylvan,  “Ao longo de quase duas décadas, a cena rave evoluiu para muito mais do que simplesmente uma festa de música eletrônica. Para milhares de pessoas no mundo todo tornou-se uma importante fonte de espiritualidade e a ligação mais próxima que eles têm a uma religião. ”

Goa Gil descreve suas experiências desta maneira: “Dança é meditação ativa. Quando dançamos, vamos para além do pensamento, da mente e da nossa individualidade. Transformamo-nos em ‘Um’ no divino êxtase da união com o Espírito Cósmico. Sermos ‘Um’ no êxtase divino da união com o Espírito Cósmico é a essência da Experiência do Trance na Dança. Esta é a forma como veneramos o Divino. Esta é a minha religião e a minha filosofia!!”.

O poder da música sobre os estados de consciência é totalmente subjetivo. A música eletrônica pode ser considerada um veículo através do qual se pode transcender em sua própria realidade, para sentir-se em uma força maior.

 

Fonte : http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/aperte-o-play/a-musica-eletronica-e-a-espiritualidade/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s