Brasilidade total

Oiiiiiii galeraa!!!!!!

Depois de quase 15 dias sem postar, estou de voltaaaaa!!!! :)))

Tive uns contratempos,mas tenho sonzeiras pra semana..então vamos começar!!!

Tive a sorte de me deparar com Iara Rennó durante esses dias!! <3

iara-yuripinheiro

Nascida em São Paulo, Iara é cantora e compositora.

Filha de Carlos Rennó e Alzira Espíndola, ela começou sua carreira ao lado da mãe em 1994. Depois integrou a banda de Itamar Assumpção de 1998 e 2001.

Em 2000, recebeu o prêmio Projeto Nascente/ Editora Abril por suas composições. Em 2003 se unia a Andreia Dias e criaram a banda DonaZica.

Mas a partir de 2013, começou a lançar albuns na carreira solo.

E foi ai que eu a encontrei! Conheci pelo álbum Arco (2016), e a musicalidade me conquistou!

Esse ano, Iara lançou dois álbuns; O Arco e o outro álbum chama Flecha. Os dois tem uma super musicalidade, mas eles exploram lados diferentes do mundo da música.

Arco> é um álbum sobre mulheres,sobre a libertação e o empoderamento do genero. (fonte: Iara Rennó). É um CD bem eletrizando, com uma energia bem pra cima. Os instrumentos são dominadores. Sou uma fã de instrumento de sopro, e nesse álbum o clarone faz sucesso, com seu timbre forte e marcante na maioria das músicas. Algumas faixas tem um toque de música eletrônica pela harmonia que é liberadas pelos instrumentos. E a primeira música, que foi a primeira que escutei, Mama Me conta com a participação de Maurício Fleury do Bixiga 70 nos sintetizadores.Para este CD a banda não podia ser diferente, ela é inteira formada por mulheres (much love total): Mariá Portugal na bateria, Maria Beraldo Bastos no clarone e Iara na guitarra!

Flecha> Agora, esse já tem uma outra linha musical. Ele é bem voltado para os ritmos brasileiros, bem mais calmo que o Arco. Esse álbum surgiu de uma parceria com Curumin e sua parceria na produção. Ele é para ser o oposto do álbum Arco, ou seja, um álbum masculino! A banda já tem uma outra formação que conta com: Lucas Martins (que toca com a Céu) no baixo, Curumin na bateria, Gustavo Cabelo na guitarra, Maurício Badê na percussão e os Bixiga 70 Maurício Fleury (teclados), Daniel Gralha (trompete), Cuca Ferreira (sax barítono) e Douglas Antunes (trombone). (fonte: trabalho sujo).

Agora a melhor parte: Os dois álbuns estão DISPONÍVEIS para downloado de GRAÇA no site da querida Iara!!! <3 (much love parte 2). E não só esses dois CDs, mas todos que ela já gravou até hoje. E tem alguns do projeto DonaZica pelo soundcloud!!

E deixo o clipe da música MAMA ME que comentei a cima e é uma das minhas preferidas pela inovação musical!

Ótimo começo de semana a todos!!! E até amanhã com mais sonzeira!! ebaaaaaaa!!

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s